whatsapp
Notícias /
Terça, 28 de maio de 2019, 11h53
| Tamanho do texto A- A+

Brasileiro trabalhou até está segunda-feira somente para pagar impostos

 

Assessoria de Imprensa

CDL Cuiabá

Em 2019, o contribuinte brasileiro precisou, em média, trabalhar até está segunda-feira (27.05) apenas para arcar com a carga tributária do País. Segundo o site do impostômetro, foram necessários 153 dias para pagar os impostos neste ano.

De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá), são 5 meses e dois dias de trabalho cujos rendimentos são totalmente destinados aos cofres públicos. “O tempo é o mesmo desembolsado no ano passado, porém, representa o dobro do que se trabalhava na década de 70, quando se trabalhava apenas 2 meses e 16 dias em média, ou seja, é muito dinheiro pago pelo contribuinte para não vermos muito retorno do que se paga”, afirmou Nelson Soares Junior.

Diante disso, a CDL Cuiabá aderiu ao movimento nacional promovido pela CNDL “Dia Livre de Impostos (DLI)”. A ação estará acontecendo na capital mato-grossense no dia 30 de maio, sendo que até o momento mais de 100 empresas já estão cadastradas para participar e estarão oferecendo produtos e serviços sem a taxa de impostos.

O objetivo do DLI é de demonstrar para a população o quanto a carga tributária em nosso país é elevada e o quanto impacta na vida do cidadão. “Nesta data, os empresários participantes da campanha irão comercializar alguns produtos com desconto real equivalentes a incidência da carga tributária aplicada na formação do preço de venda. Reforçamos que o objetivo não é vender mais ou menos neste dia, não é um dia de promoção, mas sim, de conscientização, de forma simbólica retrataremos através de algumas vendas o impacto da alta carga tributária em nossas vidas”, explicou Soares.

PARCEIROS

CDL Cuiabá © 2016 - Todos os direitos reservados - (65) 3615-1500

Sistema CNDL